Defesa Civil Estadual monitora áreas de risco em caso de chuvas fortes

Acompanhamento é realizado por um núcleo de gerenciamento de emergências, situado no Palácio dos Bandeirantes, em SP

Lido 26 vezes

Fotos: Portal do Governo / http://www.saopaulo.sp.gov.br
O Núcleo de Gerenciamento de Emergências da Defesa Civil (DC), ligado à Subsecretaria Estadual de Proteção e Defesa Civil, auxilia na prevenção aos danos causados por desastres naturais, como deslizamentos e enchentes em cidades do território paulista, sobretudo durante o verão, período caracterizado pelo aumento das precipitações.

Com sede no Palácio dos Bandeirantes, na capital do Estado, o monitoramento da situação nos municípios é realizado 24 horas por dia, sete dias por semana, em sistema de revezamento de equipes. Vale destacar que as equipes monitoram a situação climática por mapas produzidos pelo próprio serviço de meteorologia e pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemadem).

O acompanhamento é feito em monitores instalados na sala, com indicações da quantidade de chuvas e cores que identificam os graus de atenção: do estado de observação, em amarelo, ao vermelho, que representa o alerta máximo. De acordo com a situação, a Defesa Civil entra em contato com os municípios para a adoção das providências.

Além disso, o excesso de chuvas e as condições climáticas são monitorados com o apoio de parceiros, como o Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo (Saisp), que realiza o monitoramento pela Rede Telemétrica de Hidrologia do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) e pelo Radar Meteorológico do Estado.

Estrutura

No espaço, os aparelhos conhecidos como pluviômetros automáticos são instalados em equipamentos públicos, como hospitais, escolas e prefeituras. As instalações no Palácio dos Bandeirantes contam com uma sala de emergência, para reuniões dos gestores públicos estaduais, bem como um Núcleo de Apoio, voltado às ações de solidariedade e arrecadação de materiais para a população.

Novidade a partir do ano passado, o envio de SMS diretamente à população com alerta de riscos de desastres é uma ferramenta que auxilia a Defesa Civil em todo o Estado. O serviço foi desenvolvido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, sendo implementado em São Paulo pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.

Os cidadãos podem se cadastrar em qualquer momento: basta enviar um SMS para o número 40199, escrevendo o CEP de interesse. Para registrar mais de um CEP, é necessário mandar uma mensagem por vez. Outro fato interessante é que não existe limite para a quantidade de CEPs que podem ser incluídos no alerta.

Os alertas são curtos, com até 160 caracteres, e têm o objetivo de informar sobre um possível risco. A qualquer momento, a população pode buscar informações detalhadas no portal da Defesa Civil Estadual, incluindo orientações sobre o período chuvoso e cartilhas que orientam o que fazer em situações de emergência e de desastres.
Compartilhe
- Parceiros/Conveniados -


Comente