Seguro DPVAT ajuda SUS no custeio de assistência médica às vítimas de acidentes de trânsito

Valor arrecadado também é destinado para campanhas de educação no trânsito, através do Denatran, e para o pagamento das indenizações às vítimas

Lido 152 vezes

Pedir Seguro DPVAT é um direito de todas as vítimas de acidente de trânsito
Todos os anos, milhões de brasileiros que possuem veículos automotores pagam o Seguro DPVAT, que ajuda todos em caso de acidentes de trânsito. Não é necessário ter um veículo, não há apuração de culpa no acidente, e motoristas, passageiros e pedestres podem solicitar a indenização. Além de beneficiar os mais de 208 milhões de brasileiros, o Seguro DPVAT ainda representa uma importante fonte de renda para a União.

Do valor arrecadado anualmente, 45% vão para o Sistema Único de Saúde (SUS). É o montante usado para auxiliar no custeio da assistência médica às vítimas. Outros 5% vão para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para serem investidos em programas de prevenção de acidentes de trânsito. Os 50% restantes são usados no pagamento das indenizações aos acidentados de trânsito.

Só no último ano, mais de 380 mil indenizações foram pagas nas três coberturas do Seguro DPVAT: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e suplementares (DAMS). Nessa última, foram mais de 58,5 mil pagamentos.

Dar entrada no Seguro DPVAT é gratuito. Basta reunir a documentação necessária de acordo com a cobertura a ser pleiteada (clique aqui para conferir) e levar a um dos oito mil pontos de atendimento espalhados pelo Brasil (encontre aqui o ponto de atendimento mais próximo de você). O prazo para dar entrada no seguro é de até três anos após a data do acidente. No caso da invalidez permanente, o prazo de três anos começa a ser contado a partir da data de ciência da invalidez.

Entenda o Seguro DPVAT
Quem tem direito

O seguro é direito de qualquer pessoa envolvida em acidentes automotivos terrestres que envolvam carros, motos, caminhões, caminhonetes, ônibus e tratores.

As coberturas

O Seguro DPVAT indeniza vítimas e beneficiários em casos de morte, invalidez permanente, total ou parcial, além de fazer o reembolso de despesas médicas e suplementares na rede privada de saúde. Nos casos de morte, a indenização, de R$ 13.500, é paga aos herdeiros legais da vítima. Esse mesmo valor é o teto para pagamentos em casos de invalidez permanente e varia de acordo com a gravidade das sequelas. Já para despesas médicas, o reembolso é de até R$ 2,7 mil.

Como solicitar

Dar entrada no Seguro DPVAT é gratuito e os próprios beneficiários podem solicitar a indenização em um dos mais de 8 mil pontos de atendimento no Brasil. Para cada cobertura pleiteada há uma lista de documentos que devem ser entregues em um desses pontos. Todas as informações estão disponíveis no EstamosAquiParaVoce.com.br.

O Seguro DPVAT conta com uma ampla rede de atendimento. Para informações sobre pagamento do Seguro DPVAT e consulta de andamento de processos de indenização, é preciso entrar em contato com a Central de Atendimento, das 8h às 20h, através dos telefones 4020-1596, para Regiões Metropolitanas, e 0800 022 12 04 para outras regiões. No caso de reclamações ou sugestões, o SAC está disponível 24 horas por dia no 0800 022 8189. As pessoas com deficiência auditiva e de fala podem entrar em contato com o 0800 022 12 06.
Compartilhe
- Parceiros/Conveniados -


Comente