Homenagem ao Jubileu de Prata das Bombeiras

25 anos da atuação da Mulher nos serviços operacionais do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo

Lido 372 vezes

Fotos: Cb PM Rodrigues.

Pioneiras do Fogo

A formação e inclusão em 04 de dezembro de 1991, da primeira turma de Bombeiras, quarenta no total, denominadas "pioneiras do fogo", nos serviços de Bombeiros no Estado e no Brasil, revelaram que as mulheres estão perfeitamente integradas e preparadas para execução de todas as atividades do Corpo de Bombeiros, por terem demonstrado no término do treinamento, desempenho satisfatório nas emergências de pronto-socorrismo e nas guarnições de Comando, Exploração e Salvamento, devidamente comandadas.
A partir daí, anualmente cresce o número de mulheres nas fileiras do Corpo de Bombeiros.
No ano seguinte o Corpo de Bombeiros promoveu o 3° Seminário Nacional de Bombeiros na cidade de Ribeirão Preto e em 1993 é elaborado o Decreto Estadual nº 38.069 que atualiza as normas atinentes à Prevenção de Incêndios.

Após três anos de seu início, o Serviço de Resgate do Estado de São Paulo é consolidado através do Decreto Lei nº 38.432 de 1994, garantindo sua operacionalização através da Polícia Militar do Estado de São Paulo, por intermédio do Corpo de Bombeiros e do Grupamento de Radiopatrulha Aérea.

Compartilhe
- Parceiros/Conveniados -


Comente