Bombeiros atendem 1.600 ocorrências de estragos do temporal em Prudente

Em todos os pontos da cidade, houve danos. Região do Conjunto Habitacional Ana Jacinta ficou sem abastecimento de água

Lido 293 vezes

O forte vento arrancou uma árvore no Parque do Povo, na Avenida Brasil (Foto: Bia Esper/iFronteira)
O Corpo de Bombeiros registrou um total de 1,6 mil ligações devido aos estragos causados pelo temporal que atingiu Presidente Prudente na noite desta terça-feira (2). Segundo a corporação, as equipes nas ruas foram dobradas para que pudessem atender as ocorrências.

No período de duas horas, entre as 19h e as 21h, período de ápice da tempestade, foram atendidas 75 ocorrências de quedas de árvores, 23 de fios energizados e sete de destelhamentos, segundo o subtenente do Corpo de Bombeiros Marcos Bratifisch. Ninguém ficou ferido.

“Depois, da madrugada até a manhã desta quarta-feira [3], foram registradas outras 35 ocorrências e ainda temos mais 35 para serem vistas”, afirmou Bratifisch.

A galeria de fotos acima mostra cenas dos estragos registrados em Presidente Prudente.

Em todas as regiões do município, houve pontos afetados. Quedas de árvores, destelhamentos, interrupções na rede de energia elétrica, acidentes de trânsito, semáforos sem funcionar, problemas na comunicação por telefone e falta de abastecimento de água foram algumas das mais graves consequências do temporal.

Além do Corpo de Bombeiros, equipes da Companhia Prudentina de Desenvolvimento (Prudenco), da Prefeitura, da Defesa Civil e das empresas concessionárias de água e de energia elétrica, sem contar empresas particulares e cidadãos, tiveram trabalho intenso para restabelecer os serviços prestados, avaliar os prejuízos e restaurar os danos causados pela tempestade.

Sem água

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou que, devido à chuva, houve queda de um poste de energia elétrica na Estação Elevatória de Água Tratada que fica próxima à Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), em Presidente Prudente, ocasionando falta d’água no Conjunto Habitacional Ana Jacinta, no Parque Shiraiwa e nos bairros vizinhos.

Um gerador de energia foi instalado na manhã desta quarta-feira (3) e o abastecimento será recuperado nos bairros ao longo do dia, segundo a Sabesp.

‘Calma’

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semea) ganhou reforço para atendimento dos chamados emergenciais em razão do vendaval desta terça-feira (2), em Presidente Prudente. Nesta quarta-feira (3), equipes da Companhia Prudentina de Desenvolvimento (Prudenco) e da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Sosp) se juntaram aos trabalhadores da Semea e passaram a atuar no recolhimento de árvores, galhos e troncos que caíram em razão da ventania.

A Semea prometeu atender a todos os pedidos, mas pediu “calma” à população para dar conta da demanda. O telefone para registrar a queda de árvores ou galhos é o 3906-5275.

Ainda em relação aos atendimentos emergenciais, a Secretaria do Meio Ambiente informa que sobre a rede elétrica os chamados devem ser registrados no telefone da Energisa, que é a concessionária responsável por Prudente – 0800-7010326.

Mutirão

Com a tempestade registrada na noite desta terça-feira (2), que provocou quedas de árvores e folhas por toda a cidade, a Companhia Prudentina de Desenvolvimento (Prudenco) mobilizou uma força-tarefa de limpeza geral, que teve início logo nas primeiras horas desta quarta-feira (3), com o recolhimento de galhos. O mutirão de limpeza se espalhou por vários pontos de Presidente Prudente. No total, foram mobilizados aproximadamente 150 trabalhadores do Departamento de Limpeza Pública nas várias frentes de limpeza.

O serviço contou com auxílio de nove caminhões basculantes da Prudenco e suas equipes, para realizar a limpeza pública da cidade, após o vendaval. Paralelamente ao mutirão, a Prudenco intensificou o trabalho de varrição para recolhimento de folhas acumuladas em guias.

Nesta quarta-feira (3), a Prudenco também incluiu na programação a continuidade da limpeza da área do Recinto de Exposições Jacob Tosello, que receberá a 51ª Exposição de Animais de Presidente Prudente, a “Expo Prudente 2014”, neste mês de setembro.

Os serviços de limpeza antecedem a abertura oficial, que está confirmada para ocorrer nesta sexta-feira (5).

Além do mutirão de limpeza, a Prudenco manteve os serviços essenciais de recolhimento de móveis velhos e entulhos jogados em áreas públicas, além do suporte na limpeza dos locais que recebem feiras-livres. O serviço conta com auxílio de dois caminhões basculantes e seis trabalhadores. Os munícipes contam ainda com o serviço de coleta de lixo nos bairros alternados e a coleta noturna realizada diariamente na região central e no seu entorno. Por fim, foi mantido o recolhimento de animais mortos na malha viária conforme demanda recebida pelo Departamento de Limpeza da Prudenco.
O semáforo do cruzamento entre as Avenidas Manoel Goulart e 14 de Setembro ficou desligado durante a tempestade (Foto: Bia Esper/iFronteira)
O semáforo do cruzamento entre as Avenidas Manoel Goulart e 14 de Setembro ficou desligado durante a tempestade (Foto: Bia Esper/iFronteira)
Compartilhe
- Parceiros/Conveniados -


Comente